Maya Fox, A Predestinada (Igino Straffi e Silvia Brena)




Colégio: Alpha COC
Alunos: Danúsia, Eduardo, Fernanda, Jonas, Maria Cecília, Maria Helena, Ohana e Patrícia.
Série: 2º ano.

Título: Maya Fox, A Predestinada
Autores: Igino Straffi e Silvia Brena


O professor de Simbologia de Harvard, Robert Langdon é chamado a um dos maiores centros de Este livro é o começo da saga da personagem Maya Fox, uma menina de 17 anos que vive na movimentada e cheia de opções cidade de Londres; a mesma Londres que guarda seus mistérios. Ela é uma garota normal que não se separa de seu ipod e tem músicas determinantes para cada momento de sua vida, uma menina que prefere ser meio gótica a ser uma patricinha, uma jovem com uma boa amiga e um destino inusitado: ser A Predestinada.

Maya perde o pai aos 14 anos, um pesquisador meio romântico e iludido que tinha em mente descobrir a verdade sobre uma teoria que envolve sequência Fibonacci - já viram esse filme não é caros leitores - e a profecia do povo Maia de que o mundo terá fim em 21/12/2012. A mãe da garota é uma policial psicóloga certinha envolvida em manter na cadeia o serial killer que matara seu marido.

O que isto tem a ver com a juventude de festas e papos no Messeger da jovem Maya?

E porque Maya começa a se tornar tão sensível e a ouvir os mortos?

Os autores acertaram a mão na criação tanto do romance quanto dos personagens de A Predestinada. Incluindo o misterioso garoto Trent com quem a jovem estrela do romance se envolve.

Um livro adorável para o público jovem. Gostoso de ler, com boas sacadas de mistério A La Código Da Vinci, e personagens extremamente ligados em tudo que se refere ao mundo adolescente.




Para comentar esse vídeo, clique no balão ao lado do título da postagem...

 
l