BICHOS I (VICENTE)

Voa, voa Vicente
Voa, corvo de Deus
Assenta-te ao cimo dos montes
Como assentaste na Palas
E grasna ao teu Criador
Sobre as águas de um mundo que jaz
Faz dessa arca Lenora
E voa! Para o Nunca mais!

 
l