POSTAGEM 58: Hagar, Radical Chic e a Literatura

Olá internauta. Faltam 42 dias para o ENEM e esta é a nossa postagem de número 58. Hoje vamos resolver mais um exercício.

EXERCÍCIO RESOLVIDO (UFF-RJ)

Texto I



Texto II

Algumas temáticas e estéticas de escolas literárias (a presença da natureza, o “eu lírico”, a idealização, o humor, a desconstrução lingüística, o cultivo da forma) podem ser retomadas sob um novo modo de dizer – de forma crítica, irônica, caricatural...
Justifique, exemplificando com material dos textos, um possível entendimento de uma releitura do Romantismo e/ou do Parnasianismo em Hagar, o Horrível (texto I) e de uma releitura do Modernismo em Radical chic (texto II).
RESPOSTA:
O texto Hagar, o Horrível permite uma leitura irônica do Romantismo e do Parnasianismo pela presença da natureza, pela expressão enfática de emoções (o emprego das exclamações) e pela preocupação formal (“é só colocar rima nisso aí”) como característica da expressão poética.
O texto Radical Chic, em uma combinação de linguagem verbal e não-verbal, trabalha ironicamente com uma sequência de idéias que se desconstroem no último quadro, buscando a expressão do humor – uma das características presentes no Modernismo.


 
l